Uma questão de valores

planejamento estrategico

Valor é um princípio, uma convicção, uma premissa fundamental.

Valor não é o que você fará quando tiver dinheiro e tempo. É o que você faz apesar da falta de recursos. É o que você escolhe, mesmo que gere prejuízos. Por exemplo, em uma família, a saúde costuma ser mais importante que as férias. Então, se faltam recursos, a viagem de férias será sacrificada para garantir o remédio. Logo, saúde é um valor.

Se uma empresa declara que tem como valor “proteger o meio ambiente”, logo está instruindo os seus gestores a priorizar os projetos relacionados a este fim. Na falta de recursos (dinheiro, tempo, pessoas), deverão cortar preferencialmente de outros projetos.

Se você realmente carrega um valor, então suas decisões devem estar em harmonia. No entanto, se você o trai repetidas vezes, então não se trata de um valor, mas de uma espécie de autoengano ou falsa propaganda. Por isso, é importante que seus gestores sejam verdadeiros e francos ao elaborar e difundir a declaração de valores da sua empresa.

Agora, revisite a declaração de valores da sua empresa. Do que você não abre mão? Do que sua equipe não pode abrir mão? E está tudo bem se o lucro vier em primeiro lugar. Seja franco! A falta de coerência entre a declaração de valores e as decisões dos gestores corrói a confiança e compromete a liderança.

Leia também Sonhos, metas, objetivos e visão, qual é a diferença?

Publicado por

Daniel R. Bastreghi

O que nos move? Como fazer valer nossos esforços? Como aproveitar o tempo que nos é dado?Na esperança de um dia encontrar respostas convincentes para essas perguntas, eu, Daniel, passeio pelo mundo do marketing, empreendedorismo, psicologia, autoconhecimento e filosofia.Compartilhe suas percepções e ajude a construir o conhecimento.

Deixe uma resposta