Os autômatos e a estratégia

habito-automatos-consultoria-estrategia

Toda estratégia implica necessariamente em mudança. Toda mudança requer novas atitudes e novos hábitos, para realizar o que é necessário.

No entanto, não existe estratégia para as pessoas incapazes de mudar a si mesmas e de forjar em si novos hábitos. Quem “vive no automático” se torna um autômato. Age como máquinas que respondem sempre de maneira parecida aos mesmos estímulos. Por isso colhem os mesmos resultados repetidamente.

Autômatos são incapazes de FAZER algo. Como não conseguem reagir de maneira diferente às situações, ficam à mercê do que lhes aparece, do que lhes agrada ou desagrada. Portanto, para os autômatos as coisas simplesmente ACONTECEM. Não são eles que definem o rumo das próprias vidas e negócios, mas sim as circunstâncias. E isso é justamente o contrário de estratégia.

Estratégia exige conhecimento e domínio de si. É necessário que a análise racional se sobreponha à vaidade, à insegurança, à tendência de procrastinar e à necessidade de controle, redefinindo nossas prioridades e valores. Se você procura estratégia, esteja pronto para trabalhar sobre si mesmo.

Publicado por

Daniel R. Bastreghi

O que nos move? Como fazer valer nossos esforços? Como aproveitar o tempo que nos é dado? Na esperança de um dia encontrar respostas convincentes para essas perguntas, eu, Daniel, passeio pelo mundo do marketing, empreendedorismo, psicologia, autoconhecimento e filosofia. Compartilhe suas percepções e ajude a construir o conhecimento.

Deixe uma resposta