Planejamento Estratégico

[vc_row parallax=”no” css=”.vc_custom_1421860556711{margin-top: 0px !important;margin-bottom: 40px !important;border-top-width: 4px !important;border-bottom-width: 4px !important;padding-top: 40px !important;padding-bottom: 40px !important;border-top-color: #004b95 !important;border-bottom-color: #004b95 !important;}” el_class=”drb_citacao”][vc_column][vc_column_text]

“Na última década, tantas foram as mudanças promovidas pelos profissionais de marketing para engajar clientes que praticamente não se reconhece mais o marketing. Considerando a tecnologia de informação como uma provável exceção, não podemos imaginar outra área que tenha evoluído tão rapidamente.”

Harvard Business Review – Julho/2014

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row parallax=”no” css=”.vc_custom_1418994126568{margin-top: 40px !important;margin-bottom: 40px !important;}”][vc_column][vc_column_text]Planejamento estratégico é o processo de análise de uma organização e seu contexto mercadológico para definição de rumos, objetivos e metas e formulação de meios para execução, monitoramento e ajustes. O planejamento estratégico afeta todas as estruturas da organização, pois estipula diretrizes globais que devem ser seguidas por todos os executivos.

As empresas investem em planejamento estratégico, pois é uma forma de organizar e concentrar esforços. Em mercados competitivos, é fundamental que exista colaboração e harmonia entre os diferentes departamentos, visando a construção de vantagens competitivas. É no processo de planejamento estratégico onde se define o que deve receber maior investimento e atenção. São realizadas projeções para estabelecer metas que, se atingidas, garantirão os resultados almejados.

Existem diversos métodos para o planejamento estratégico. Deve-se escolher o que comportar melhor o contexto da organização. Contudo, algumas etapas são comuns. A primeira consiste no levantamento de dados sobre a empresa, seu setor e ambiente de negócios, seu histórico, sua performance financeira, as percepções dos acionistas, sócios e diretores, além de pesquisas de mercado. A segunda etapa envolve a estruturação e análise dessas informações utilizando ferramentas como matriz SWOT, matriz BCG, análise de curva de valor, entre outras. A terceira etapa trata-se da definição de objetivos, metas, diretrizes organizacionais, elaboração do mapa estratégico e estruturação de planos de ação. Por fim, a quarta e última etapa é a ativação do plano, com a entrega do plano para a alta gerência e definição de rotinas de acompanhamento e apresentação de resultados.

O resultado do planejamento é um documento chamado plano estratégico. Seu volume e conteúdo varia bastante, pois contém o processo de análise e o plano de execução descrito anteriormente. O ideal é que toda empresa tenha um método único de planejamento capaz de atender às suas particularidades. De modo geral, é recomendável que o documento seja o mais compacto e objetivo possível, para que seja uma ferramenta fácil e acessível no dia a dia dos gestores.

A DRB Marketing oferece todo apoio e orientação para elaboração do planejamento estratégico, voltado para pequenas e médias empresas.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]