Anatomia do Marketing

Anatomia do Marketing

Anatomia do Marketing

Para melhorar a saúde de uma pessoa, é necessário conhecer os componentes de seu corpo. Leigos veem o corpo humano como um todo quase indivisível. Médicos o veem como um conjunto complexo de sistemas e subsistemas que incluem sistemas respiratório, digestivo, imunológico, ósseo, muscular, vascular, nervoso, entre outros.

Da mesma forma, para corrigir ou melhorar o desempenho de um carro, os engenheiros o veem como um conjunto complexo de sistemas e subsistemas que incluem sistemas de injeção, exaustão, resfriamento, frenagem, transmissão, suspensão, estrutural, elétrico, etc.

Conhecer as partes nos ajuda a compreender o funcionamento do todo. Isso facilita a comunicação e possibilita uma visão estruturada dos problemas e suas possíveis soluções. Portanto, é vital que administradores conheçam ao menos as principais partes que compõem uma Gestão de Marketing.

Como consultor, costumo ouvir administradores queixando-se de baixo retorno dos seus investimentos em marketing. Mas com alguns poucos minutos de conversa, eles admitem que iniciaram “operações de marketing” (por exemplo, criaram um novo site ou iniciaram uma campanha), sem iniciar um “gerenciamento de marketing” e sem ter uma “estratégia de marketing“. Sem esses dois componentes, as operações se tornam esforços descoordenados. Seguindo nossa analogia, se fosse um corpo humano, teria um sistema respiratório fraco e a pessoa não aguentaria correr. Se fosse um carro, careceria de suspensão e perderia a estabilidade no primeiro buraco na pista.

As Operações de Marketing executam a comunicação, realizam pesquisas e obtém feedbacks de informações. O Gerenciamento de Marketing monitora se as operações estão seguindo os prazos, custos, metas e objetivos, além de coordenar as atividades. A Estratégia de Marketing analisa os resultados e feedbacks de informações extraindo insights, monitora o mercado, concorrentes e tendências e define diretrizes, objetivos e metas.

Uma empresa sem Gerenciamento de Marketing terá dificuldades para colocar em prática o que planeja. As coisas sairão do controle, ocorrerão atrasos, extrapolarão recursos e haverá baixa qualidade. O feedback de informações será prejudicado, pois isso exige um acompanhamento rigoroso.

Uma empresa sem Estratégia de Marketing terá dificuldades para entender e se adequar às mudanças do mercado. Estará sempre atrasada em relação aos concorrentes, sentirá perda gradativa de competitividade e dificilmente inovará.

Mesmo uma pequena empresa precisa de todos esses componentes, se deseja um bom desempenho. Em estruturas pequenas, uma única pessoa com boa qualificação pode desempenhar todas essas funções. Mas lembre-se: a falta ou mau funcionamento desses componentes causará uma deficiência em sua Gestão de Marketing. Um bebê precisa de todos os órgãos para crescer saudável e um carro precisa de harmonia entre suas partes para vencer uma corrida.

Publicado por

Daniel R. Bastreghi

O que nos move? Como fazer valer nossos esforços? Como aproveitar o tempo que nos é dado? Na esperança de um dia encontrar respostas convincentes para essas perguntas, eu, Daniel, passeio pelo mundo do marketing, empreendedorismo, psicologia, autoconhecimento e filosofia. Compartilhe suas percepções e ajude a construir o conhecimento.

Deixe uma resposta