O que é Web Marketing

Você sabe qual a diferença entre marketing, web marketing e marketing digital?

Web marketing e marketing digital são termos bastante recentes. Mesmo a palavra marketing ainda é bastante obscura para muitas pessoas. As diferenças entre elas são sutis e sujeitas a diferentes interpretações, como você pode constatar em uma simples consulta ao Google. Portanto, abordarei o conceito que julgo ser mais apropriado, mais lógico.

Marketing é a arte de criar valor, de disponibilizar e comunicar o produto certo para o cliente certo, gerando lucro para a empresa e benefícios para o consumidor. Logo, devido a esta responsabilidade abrangente, as técnicas do marketing necessitam ser empregadas em toda uma organização. Desde vendas e comunicação, passando pela produção, pós-venda, compras, recursos humanos, enfim, todos os setores de uma empresa e seus fornecedores. O bom profissional de marketing deve estar atento às mudanças externas, como o surgimento de novas tendências, para adequar estratégias e manter o rumo. Portanto, vou relembrar algumas mudanças relativamente recentes, pelas quais você deve ter passado, dependendo da sua idade.

Até meados de 1990, os principais recursos de comunicação que uma empresa dispunha no Brasil eram: TV aberta, telefone, fax, impressos (folders, panfletos, cartões, etc.), mala direta, rádios, revistas e jornais.

Entretanto, em curtos 10 anos, uma enxurrada de tecnologia invadiu nossas vidas. O acesso à informação foi facilitado, tornando o consumidor cada vez mais inteligente e criterioso. A globalização fundiu mercados e proporcionou mais opções de produtos, vindos de todas as partes, a preços competitivos. A concorrência aumentou, exigindo inovação e criatividade constante.

Como se não bastasse, a publicidade também perdeu parte de seu efeito. Devido à super exposição à informação, naturalmente desenvolvemos um filtro, que ignora mensagens irrelevantes. Ficou mais desafiador atingir o público-alvo.

Surgiram opções para um novo marketing e elas vieram através dos novos meios digitais: celular, DVD, CD, e-mail, TV Digital, SMS e, claro, a Internet.

Muito mais que uma mídia, a internet é, sem dúvida alguma, um fato histórico. Em “A Cultura da Interface”, Steven Johnson nos mostra que ao longo da história da humanidade, após o surgimento de inovações tecnológicas que propiciaram maior difusão de informação, as sociedades passaram por profundas mudanças. Assim foi com a prensa de Gutemberg, o telefone, o rádio, a TV e outros meios.

O que torna a internet diferente de todos os outros meios é que, graças a ela, a comunicação ganhou escala mundial, deixou de ser unilateral e tornou-se uma via de mão dupla, onde qualquer pessoa pode publicar conteúdos. É diferente dos meios de comunicação convencionais, onde as grandes corporações detinham o poder da comunicação trabalhando exclusivamente a seu favor. A internet deu voz aos pequenos, ao povo, ao consumidor. No mundo digital é fácil encontrar recomendações de produtos, manifestações políticas, reclamações de clientes indignados, propaganda positiva e negativa. Estão lá, para quem quiser ver. O que sua empresa faz com relação a isso?

Ao longo deste curto período, vimos novas empresas surgindo e tornando-se referência; vimos empresas pequenas ganhando participação no mercado graças a uma presença forte na internet; vimos gigantes em dificuldades por não investirem de forma estratégica, acreditando que na internet tudo dá certo.

O ambiente digital tornou-se parte de nosso mundo e presente em todo lugar, através de conexões sem fio, de alta velocidade e de dispositivos móveis, como celulares, notebooks e os smartphones.

Apesar de tudo isso ser relativamente recente, para crianças, adolescentes e recém-adultos, isso surge como parte de seu dia a dia. Eles aprendem a digitar da mesma forma e na mesma fase da vida que desenvolvem sua habilidade com o idioma, seu raciocínio lógico e matemático, suas habilidades de relacionamento pessoal e profissional. Suas vidas são inteiramente conectadas ao mundo virtual da internet. Alguns passam horas nele, criam laços de relacionamento tão fortes quanto os do mundo real, compartilham conhecimentos, emoções e experiências, criam alteregos, etc. Para esse público, hoje ainda jovem, as diferenças entre o real e virtual praticamente inexistem.

Então, como esta nova realidade influencia o mercado? Quais mercados surgem? Quais serão ameaçados? Como estar na internet de modo eficiente? Como uma empresa pode usar toda a potencialidade desse meio, sem ficar vulnerável à propaganda negativa e ou prejudicar a reputação conquistada? Como estar presente no mundo digital, já que ele avança e sem dúvida será o futuro? Apresento-lhes o web marketing.

O web marketing é um novo segmento do marketing que se refere especificamente ao ambiente web. A palavra web, abreviação de World Wide Web (WWW), é o nome dado à um modo de navegação nas informações de rede, através de uma interface multimídia, a qual estamos tão acostumados a usar, onde é possível acessar bilhões de páginas contendo textos, imagens, vídeos, animações, links para outras páginas, formulários e outros recursos interativos. Portanto, o termo web marketing se refere a um tipo de utilização da internet que pode ser feita através de computadores, celulares e outros dispositivos digitais.

Já o marketing digital configura-se um termo mais abrangente que agrupa qualquer técnica de venda, relacionamento e promoção por meios digitais, como por exemplo, a televisão digital, o SMS, DVD, CD e a também a web. Em resumo, marketing digital é um conjunto de técnicas de promoção e vendas em meios digitais. Tais meios distinguem-se de outros por permitirem a comunicação sob demanda, inteligente, personalizada em níveis individuais, interativa e a automatização de processos lógicos de comunicação, vendas e produção.

O web marketing refere-se a técnicas de comunicação e vendas aplicáveis em projetos de marketing digital para o ambiente web. Não se trata somente de publicar banners ou estar bem posicionado em buscadores. Na verdade, o web marketing vai além. Não é algo separado do marketing, mas sim complementar. Trata-se de uma atividade atrelada não só a vendas, mas também ao relacionamento com diversos públicos como colaboradores, fornecedores, clientes, prospects, investidores e a sociedade global.

Há tempos é notório que todo planejamento de marketing necessita contemplar estratégias para o mundo digital, pois é nele e, portanto, em qualquer lugar do mundo, onde cada vez mais pessoas estarão buscando informações, produtos e soluções.

Publicado por

Daniel R. Bastreghi

O que nos move? Como fazer valer nossos esforços? Como aproveitar o tempo que nos é dado?Na esperança de um dia encontrar respostas convincentes para essas perguntas, eu, Daniel, passeio pelo mundo do marketing, empreendedorismo, psicologia, autoconhecimento e filosofia.Compartilhe suas percepções e ajude a construir o conhecimento.

3 comentários sobre “O que é Web Marketing”

  1. Hoje em dia aqui no Brasil já existem muitas pessoas que trabalham exclusivamente com marketing digital eu batalhando para que eu seja uma dessas pessoas.
    Muito Bom artigo!

  2. ótimo post!

    O Webmarketing da atualidade é bem vasto!

    hoje existem vários modos se fazer o marketing na internet.

    Podemos usar até as redes sociais.

    Abraços!

Deixe uma resposta